terça-feira, 10 de abril de 2012

Osíris - Metodologia e Aplicação por Ana Sílvia Serrano




  "Osíris nos leva a reviver aquelas experiências que ficaram reprimidas, traços de nossas emoções que habitam na sombra feminina."


Pedra negra do meu chakra raiz, plena em poderes, capaz de atuar no karma e em questões subconscientes. A obsidiana é capaz de trazer á luz o que está lá dentro escondido, é a pedra que ilumina a verdade, mas nem sempre o faz de maneira gentil.

Ensina a mulher a trabalhar seu eu interior, tanto nos pontos fracos e como nos pontos fortes. Explode as fantasias e a vontade de criar novas realidades. É aconselhável ir com calma... e, saber que pode haver conflitos e aspereza pelo caminho.

Alternamos sempre o trabalho dela com períodos de pausa, de depuração dos conteúdos e vale conte com o auxilio de outros cristais e ferramentas terapêuticas para processar os tais insights.
Obsidiana negra é formada por lava vulcânica, cristal que se forma rápido demais para facetar. É uma forma de vidro natural, como o quartzo branco.

Como outras gemas negras, é usada para aterramento e estabilidade, ativar o chakra raiz e coletar a energia que está dispersa neste centro. Ativa a visão interna e externa, também boa para os olhos, dá suporte para enxergar o que fingimos não ver... afim de evitar a "dor da verdade". É um espelho psíquico que magnifica fraquezas e desilusões refletindo-as de volta para usarmos com consciência e transforma-las.

Medos podem se intensificar, ilusões tornarem visíveis, a obsidiana vem para acordar o inconsciente. Questões kármicas são aqui levantadas, pede-se atenção! Ajna chakra (terceiro olho) é ativado e conectado com com muladhara chakra (raiz). Esta é uma pedra de forte poder de transformação positiva, limpeza profunda e CURA.  

A obsidiana é uma pedra que ajuda na concentração e na meditação, vem mostrar e ensinar para aquelas que a usa a sua íntima verdade. Ela absorve a negatividade e a mostra igualmente com as forças positivas, A DUALIDADE COMO UM.
Expondo a escuridão, a luz se abre e brilha, neste ponto da jornada com a obsidiana, a mulher que opta por este caminho aprenderá a ser capaz de distinguir quando avançar e quando parar. É o fogo vulcânico da sexualidade feminina, mulher enquanto desconhecido, interno, útero, lunar...

Esta é a pedra da dualidade, a dualidade da Deusa que traz a energia de dentro do subconsciente para fora na mente racional. Afirma que preto e branco, noite e dia, dentro e fora, negativo e positivo são Um, ao mesmo tempo, e que metade do par não estará nem completo, nem inteiro sozinho...




 Metodologia de uso e aplicação terapêutica de Osíris

Osíris é altamente recomendado às mulheres, primeiro paras aquelas que sofrem de algum desequilíbrio(enfermidade) em seus órgãos femininos: lábios,vagina, útero, trompas,e mamas, já que a afetação física é uma cristalização de uma energia estagnada, o que nos mostra a nescessidade de abrir espectros do inconsciente para liberar essa energia estagnada, para liberar essa energia de bloqueio que está gerando a tal enfermidade. As mulheres devem já ter formado completamente o corpo físico com a finalidade de de Osíris poder trabalhar com as glândulas do sistema endócrino. Se a mulher é menor de idade, mas já menstrua, é possível o uso, a aplicação sem riscos.
Também é amplamente recomendado às mulheres que tenham entrado no climatério, já que ajud nas mudanças hormonais, través do trabalho que ela realiza com as glândulas ( e os chacras no corpo etérico). Como temos estudado nesta obra, não é o "climatério" nem seu sintomas que Osíris vai tratar , senão que através da liberação da energia estagnada (do sistema energético) a mulher poderá "ver" e sentir com clareza seu "novo caminho".
Também, se recomenda às mulheres de idade avançada, pois Osíris tem a faculdade de elevar o nível de energia, trazendo maior capacidade para atividades físicas e sexuais, através da ativaçaõ do fluxo do sistema energético, agindo principalmente no corpo emocional, regido pelo chacra básico/sexual.
Bem como, são candidatas, as mulheres que se encontram em etapas de reabilitação física, cujos campos estão marmeados e pedem re-estabelecimento energético. Este pode ser o caso de mulheres que saíram de desequilíbrios maiores, tipo: escleroses, problemas do nervo trigêmeo, abalos do sistema nervoso, sanguíneo, e em geral a maioria dos bloqueios.
Osíris, insisto, ajuda a re-estabelecer o equlíbrio, do corpo físico ao permitir o fluxo e da energia através de todo corpo energético.
Por último e não menos importante, desde o momento que Osíris libera a energia densa negativa, limpando o canal central,  deixa correr a energia por toda Kundalini, permite às mulheres, em geral,  ativar a libido, aumentando o desejo , incrementando sua energia vital, fortalecendo seu sistema em constante fluxo pra criar saúde,clarear os pensamentos e entre outras tantas coisas, ampliar de maneira clara e notória sua capacidade criativa.

* pulei um parágrafo...

Preparação Energética
Da mesma forma como limpamos, retirando a energia negativa, também podemos "carregar de energia". Devido a Obsediana ser origem lunar, se carrega expondo-a diretamente ( de molho com  água marinha, ou água 250ml + 1 colher de sal grosso) deixando a noite inteira na lua cheia.

Proteção
É preciso no momento de começar o trabalho com Osíris, a vizualização de São Miguel Arcanjo, envolvendo o ovo de obsediana num outro ovo de luz azul. Da mesma forma, envolver a ti, que vais trabalhar e a cada pessoa que co-habita contigo, com ovos de luz individuais.
Imediatamente depois agradeça a obsediana pronunciando : "Grata porque retiras a energia de enfermidade." Devendo repetir todas as vezes no início e término de cada aplicação. ( Desejando se aprofundar sobre mais informações do tema de proteção liberada pela obsediana, consulte o livro : Obsediana Pedra Sagrada de Cura.)



CUIDADO  NO ARMAZENAR
Conserve seu Osíris, utilizando ou não em sua bolsinha de proteção vermelha isolar a energia que se está liberando. DEVIDO A OSÍRIRIS SER DE USO  ESTRITAMENTE INDIVIDUAL, DEVE-SE CUIDAR PARA QUE NIGUÉM , NENHUMA OUTRA PESSOA O TOQUE OU UTILIZE !





PREPARAÇÃO DA MULHER PARA A APLICAÇÃO DE OSÍRIS
Devido a Osíris ser um ferramenta psíquica, que trabalha o sub-conciente da mulher, é preciso focar na mente o trabalho que desejamos realizar.
Desse modo, antes de começar o tratamento, e seguindo os cânones de cura com obsediana, deverás conhecer seu objetivo, sua busca com o tratamento com Osíris:
_ Para minha cura em algum órgão feminino ?
_ Para liberar algum conteúdo relacionado com o parceiro?
_ Para o trabalho com algum arquétipo?
_ Para liberar minhas emoções que estão confusas, tanto que nem sei com quem é o conflito?
_ Para clarear meu pensamento?
_ Para realizar um trabalho de auto-conhecimento de minha sexualidade?
_ Para iniciar um caminho espiritual/
_ Para aprofundar o caminho espiritual que já havia iniciado anteriormente?

 Igualmente antes de utilizar a Osíris, deves ter registros de como se encontrava nos seguintes aspectos:
- Fazer um chech-up de ovários, útero, colo o útero e lábios vaginais.
- Conhecer seu calendário menstrual, ter registros, conhecer o estado e características em relação a idade.
- Avaliar e observar o estado físico do coração , se tem ou teve algum dano cardíaco. ( Tem restrição de uso em pessoas hipertensas).
- Identificar seu  estado emocional : o casal e seus vínculos em geral podem te mostrar teu estado anímico em relação a eles e contigo mesma.
-Conhecer seu estado mental tomando em conta se existe alguma psicose, neorose, depressão ou simplesmente se encontra confusa com teu esquema mental. ( Nas citadas moléstias , o ovo e obsediana é contra-indicado.)

Tradução feita por Cláudia Barra do livro OSÍRIS - O Ovo de Obsidiana Cura da Energia Feminina 
de Ana Sílvia Serrano - Ed. Continente - Capítulo 9 : Metodologia de uso e aplicação terapeutica de Osíris, pgs. 203 a 207.


sexta-feira, 6 de abril de 2012

AMOR SE FAZ NA COZINHA - FOGO ALQUIMICO

Amor se faz na Cozinha...







... No aconchego do fogo aprendi que a cozinha não é... um espaço destinado apenas aos cozimentos...


Nela aprendi a dançar, a criar perfumes e óleos aromáticos,


a elaborar unguentos e filtros com vinhos, azeites, vinagres flores e ervas...


Aprendi a arte dos sonhos, a misturar desejos com ervas,



com farinha e ovos e assá-los no forno do velho fogão...


Na cozinha me foram passadas as primeiras lições de magia...


Ela me iniciou, me revelou os mistérios e a sacralidade da Mãe Natureza,


aquela que cozinha num enorme caldeirão de estrelas...



É na cozinha que a Grande Mãe se encontra em perfeita harmonia com os quatro elementos,


os cincos sentidos e as iluminações do amor...


É nela que a água se integra à terra e dá origem às lamas saborosas e aromáticas...


Dentro dela o fogo arde no coração dos amantes, e o vento arrepia os pêlos da luxúria...



Na cozinha o alimento é misturado aos desejos e delírios das pessoas,


originando filtros que unem os amantes e inspiram os encantamentos dos poetas...



Toda vez que leio Homero, transfiro as tramas das Deusas para a cozinha,


onde aprendi os primeiros segredos da sedução...


Coloco as máscaras de Afrodite no rosto e


num passe de mágica me transformo na Deusa que incendiava o coração dos gregos...



Na minha Grécia os mares são sempre azuis, verdes e acolhedores...


Nas areias, o sol se estende como uma toalha que acolhe os alimentos...


Vez por outra, as Nereidas emergem das águas e se juntam ao meu rebolado...


No amor e na cozinha há de se comer sempre com os olhos...


passear a língua sobre os lábios e engolir todos os liquidos da gula...



                                                                                                   By Marcia Frazão