quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Os Chakras do Brasil

Os Chakras do Brasil


1. RAIZ: Nordeste, especialmente Salvador. Aqui é onde tudo se inicia. Foi por onde os portugueses entraram para colonizar o Brasil. Energia de construção, força, trabalho físico. Muito ligado ao chakra raiz da Terra (África), pois é a parte do país que tem mais pessoas negras (ascendência africana). Relacionado também à energia sexual: o Carnaval de Salvador atrai milhões de pessoas anualmente para estimular esta energia e temos problemas a serem superados como a prostituição (infantil, inclusive) e o turismo sexual (estrangeiros que vêm para cá com esta intenção).

2. SACRO: Região Norte, especialmente Rio Amazonas. Este chakra é regido pelo elemento água e no Brasil corresponde ao maior rio do mundo, que corre dentro da maior floresta tropical do mundo. É uma área que purifica a energia do país, por meio da Sagrada Natureza da Floresta Amazônica e dos povos indígenas que ali habitam.

3. PLEXO SOLAR: Região Centro-Oeste, especialmente Brasília, Chapada dos Veadeiros e Chapada dos Guimarães. É o VENTRE do Brasil, onde é guardada a energia da Nova Humanidade. Como nos contou Matías, quartzos dali têm sido colocados pelo mundo para espalhar esta nova consciência por um homem que ele conheceu em uma viagem. Região de muito Sol, onde fica a capital do país.

4. CORAÇÃO: Estado do Rio de Janeiro e de Espírito Santo, especialmente a Cidade Maravilhosa, Rio de Janeiro capital. De braços abertos como o Cristo Redentor, esta cidade recebe bem a todos e desperta paixões. O tum tum tum do samba, a emoção e intensidade do povo carioca não deixam dúvidas: é o chakra que expande a energia do Brasil para o mundo e por isso é também a cidade brasileira mais conhecida e popular.

5. GARGANTA: Estado de São Paulo, especialmente São Paulo capital e Santos. Comunicar-se com os outros países é a sua missão. Santos possui o maior porto da América Latina, sendo grande responsável pelas trocas comerciais de importação e exportação de produtos. São Paulo é uma megalópole vibrante e multicultural, onde se encontram as mais diversas culturas estrangeiras. Há forte presença de italianos, orientais, latinoamericanos, europeus, americanos, indianos, árabes, etc. Vc pode encontrar, por exemplo, restaurantes com culinária de qualquer lugar do mundo.

6. TERCEIRO OLHO: Região Sul, especialmente Curitiba. Visão, inovação, transformação futuro... este chakra é o responsável por planejar e mostrar os rumos que o país deve tomar, principalmente em termos sociais. É a região do país com o melhor índice de desenvolvimento humano. Curitiba é a capital da sustentabilidade, planejamento, conhecida como cidade-modelo onde tudo funciona. Suas inovações são exemplo para outras cidades do país. Ali está o Museu do Olho (do visionário arquiteto Oscar Niemeyer) e as Araucárias com suas pinhas (símbolo da glândula pineal).

7. CORONA: Foz do Iguaçu. Este é o chakra que se liga à inesgotável Energia Universal da FONTE. As cataratas têm este papel, de conectar o Brasil com o Divino. Suas águas jorram a pura energia brasileira, alimentando toda a América Latina (especialmente Argentina e Paraguai, com que faz fronteira) com a força, liberdade e o poder do Condor.

Particularidades:

- Acre: estado que faria parte do Sacro, mas que talvez, de verdade, pertença à Bolívia, país que vendeu este território pro Brasil no início do século XX.

- Minas Gerais: estado múltiplo, com a energia do Plexo Solar, Coração e Garganta. É o que indica o triângulo mineiro...

- Tocantins: parte norte do estado integra o Sacro, parte sul integra o Plexo Solar.

Matias De Stefano

domingo, 17 de novembro de 2013

MUDRAS

Exercite suas mãos, e reproduza (ora com a mão direita, ora com a mão esquerda) estes. "Mudras". Faça bem sentado, com os pés apoiados no chão, atencioso a sua respiração , ombros bem encaixados sobre o tronco. suspenda um braço a sua frente, cotovelo suavemente dobrado e aberto, mãos a frente dos seus olhos, vamos , vamos construa linguagem, signos com suas mãos .( Ivaldo Bertazzo)


sexta-feira, 15 de novembro de 2013

CABELOS - SHAMPOO NATURAL

A medicina tradicional chinesa acredita que o consumo exagerado de açúcar é o principal culpado da queda de cabelos.

Isso explicaria o motivo pelo qual os americanos sofrem com a calvície em quantidade maior do que qualquer outro povo.

Até mesmo o consumo excessivo de frutas pode levar à queda de cabelo.

Muitos que aderirem a uma dieta exclusiva de alimentos crus têm experimentado esse fenômeno.

Por outra lado, o alto consumo de proteína animal e produtos lácteos também contribui para a calvície e para cabelos fracos e sem brilho devido ao sangue ácido.

No entanto, há outros culpados: gorduras, deficiência de iodo e desidratação são obstáculos para o cabelo saudável também.

A melhor aposta para cabeleiras brilhantes e volumosas é adotar uma dieta abundante em vegetais, óleos saudáveis, como coco e azeite extravirgem de oliva, nozes, sementes e algas.

Sementes de linhaça e chia são especialmente benéficas devido ao seu alto teor de ácidos graxos essenciais.

É importante o reforço com suplementos como vitaminas do complexo B (especialmente biotina), zinco, ferro e cálcio.

É também essencial para a saúde do cabelo inibir a produção DHT, que é derivada do hormônio testosterona.

Os remédios naturais que bloqueiam a DHT incluem saw palmetto, urtiga, chá verde e óleo de semente de abóbora. 

Vamos agora à receita.

Tratamento para dar força, brilho e beleza a seu cabelo

Duas substâncias químicas encontradas na água da cidade, cloro e flúor, enfraquecem o cabelo.

Por isso, um bom filtro de chuveiro é uma obrigação para o cabelo saudável.

Xampu também é ruim, pois está repleto de produtos abrasivos e químicos.

Mesmo quando xampus ecológicos são utilizados, o cabelo é despojado de óleos naturais e, posteriormente, os fios se “revoltam” contra o abuso.

Condicionador é então necessário para pôr ordem.

Folículos são posteriormente obstruídos, provocando perda de cabelos.

Para evitar essa bagunça, um remédio simples e de baixo custo está disponível: vinagre e bicarbonato de sódio.

Com essa dupla, o cabelo se acalma, a perda de fios é minimizada e o brilho é restaurado.

Para limpar o cabelo com bicarbonato de sódio, misture uma colher de sopa de pó para um copo de água em uma garrafa squeeze ou embalagem vazia de xampu.

Agite bem e aplique a mistura nas raízes, massageando por um minuto ou dois.

Enxágue bem.

Em seguida, vem a lavagem com vinagre, que suaviza e aumenta o brilho.

Misture uma colher de sopa de vinagre de maçã com um copo de água.

Despeje sobre o cabelo, evitando o rosto e os olhos.

Enxágue depois abundantemente com água.

Nem o bicarbonato nem o vinagre fazem espuma.  

Quando o cabelo ainda está molhado, parece que não está sedoso, mas, quando seca, ele fica bem macio. 

Por isso espere o cabelo secar completamente para avaliar o resultado.

Caso o cabelo fique ressecado, reduza um pouco a quantidade de bicarbonato.

Se ficar oleoso, aumente um pouco a quantidade.

Cada cabelo responde de modo diferente.

Assim, vá testando a quantidade até encontrar a adequeada ao seu cabelo.

Você pode lavar o cabelo diariamente.

No entanto, duas vezes por semana, na maioria dos casos, já é suficiente, pois o bicarbonato e o vinagre fazem com que o cabelo absorva menos sujeira.

E pode ficar tranquilo(a): o cabelo não fica com cheiro de vinagre.

Ter cabelos saudáveis e bonitos não é um sonho.

O caminho para isso é uma dieta rica em nutrientes, a suplementação e a limpeza livre de xampu, condicionador e outros produtos agressivos.

ATENÇÃO! faça  um teste de sensibilidade numa pequena mecha da nuca para ver se você é sensível ao bicarbonato de sódio e/ou ao vinagre.

A alergia a esses dois produtos é muito rara, mas é bom ter certeza de que você não tem sensibilidade a eles.

Esfoliação com açúcar mascavo: indicado para quem quer limpar profundamente o couro cabeludo, nesta esfoliação utiliza-se uma mistura feita com uma colher de sopa de açúcar mascavo e três colheres de condicionador.
Limpeza com limão: misturar o suco de um limão à quantidade de condicionador que vai ser aplicada nos cabelos ao lavar. De acordo com o livro o limão é melhor do que qualquer xampu e ainda funciona como tônico.
Muitas adeptas da técnica ainda trocaram o xampu por bicarbonato de sódio como   xampú e vinagre de maçã, como condicionador.
Para quem quer diminuir o uso de shampoo, é indicado escolher produtos que não contenham Sodium Lauryl Sulfate (Lauril sulfato de sódio), Ammonium Laureth Sulfate (Lauil éter sulfato de amônio) e Sodium Laureth Sulfate (Lauril éter sulfato de sódio), e dar preferência a produtos que contenham Disodium EDTA (EDTA dissódico), Citric Acid (ácido cítrico) ou extratos de plantas, além de opções que contenham Cocamidopropyl Betaine (Cocamidopropil betaína), Dodecyl Polyglucoside (Dodecilpoliglicosídeo). Evite também condicionadores que contenham silicones insolúveis.

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Missô

Missô

Missô
Missô, também grafado miso, é um ingrediente tradicional da culinária japonesa feito a partir da fermentação de arroz, cevada e soja com sal. O resultado é uma pasta usada principalmente para fazer a sopa de missô ou missoshiru, dissolvido em água quente, misturado com alguns vegetais e legumes.

O sabor, aroma, textura e aparência varia de acordo com o tipo do missô, assim como a região e época em que foi feito. Os ingredientes usados, temperatura e duração da fermentação, quantidade de sal, variedade do kōji e o recipiente de fermentação também contribuem.

As mais comuns categorias do missô de soja são:

- Shiromiso, "missô branco"
- Akamiso, "missô vermelho"
- Kuromiso, "missô preto"
- Hatchomiso'"missô bege'"

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

PASTA DENTAL COM FLÚOR, NÂO MAIS !!! RECEITA: Destifrício natural


INGREDIENTES:
2 colheres de sopa de pó de juá
2 colheres de sopa de menta desidratada
2 colheres de sopa de sementes de linhaça
3 cravos da índia
1 pitada de canela em pó
1 xícara de água filtrada
PREPARO:
Leve a linhaça, a hortelã e os cravos para cozinhar junto com a água, em fogo baixo, por 5 minutos. Coe, adicione o juá e a canela e misture bem. Aplique uma pequena quantidade sobre a escova de dentes e escove normalmente. Acondicione em recipiente tampado e conserve em geladeira.
É EFICAZ COMO AS PASTAS CONVENCIONAIS?
Sim. O segredo está no pó de juá, que é produzido a partir da entrecasca da árvore Juá. O juá é rico em saponinas, que possuem ação detergente natural, higienizante, adstringente e antisséptica. É utilizado na fabricação de algumas pastas de dente comerciais. Combate cáries, placa bacteriana, mau hálito, clareia e limpa naturalmente.